Pimenta Cambuci

.

Como é de se supor, a pimenta cambuci (Capsicum baccatum Var. pendulum) é membro da família das Solanáceas, do gênero Capsicum, tal qual todas as outras pimentas (menos as especiarias como pimenta-do-reino, de macaco, da jamaica e similares). Da mesma família, embora gêneros diferentes, pertencem ainda o tomate, a berinjela e até a batata.

Ela tem o formato gracioso de uma cabacinha e o sabor agradável que combina o aroma das pimentas ardidas com a doçura de um pimentão. Também pode ser conhecida como "chapeu de bispo", mas parece que o nome cambuci é mais popular. É que, quando verde, a pimenta lembra o formato da fruta cambuci. Em tupi guarani, a palavra cambuci ou cambuhi significa jarro. O nome é então uma alusão a esse formato globular e cônico, tanto da fruta como da pimenta, similar a uma miniatura das talhas usadas pelos índios como recipiente para água ou como urna funerária.

Assim como os pimentões, ela é do tipo doce, não causando ardência (às vezes pode acontecer) e pode ser encontrada facilmente nos meses de calor, já que costuma ser plantada entre primavera e verão e colhida depois de 110 dias em média. A planta é um pequeno arbusto vigoroso e produtivo que pode chegar a até 1 metro, com frutos de coloração verde quando imaturos e vermelhos quando amadurecem. Quase sempre são colhidos verdes, pois assim têm uma vida útil maior no comércio. Mas às vezes podemos encontrar vermelhos, como estes da foto, que já estavam assim meio murchinhos quando comprei, mas, desde que estejam íntegros, o murchamento não é ruim, especialmente para fazê-las recheadas, pois a desidratação faz concentrar o sabor e ficam ainda mais adocicadas.

Desde quando eu era pequena, minha mãe gostava de fazê-la frita só com sal e pimenta e este era o jeito que mais gostava, perfumada e se desmanchando, para comer com arroz ainda molinho recém-cozido. Ela também colocava grandes pedaços no arroz durante o cozimento. Agora inventou de fazer bolinhos salgados com as poucas pimentas que dão no sítio - algumas até meio ardidas. De resto, elas podem ser usadas no lugar pimentão. Pode ser frita no azeite e servida como antepasto ou como acompanhamento de peixes. Verdes e vermelhas, cortadas em tirinhas, assadas e depois temperadas com azeite, pitada de sal e de açúcar, salsinha, vinagre e pimenta-do-reino, fazem deliciosa salada.

E, lógico, sem as sementes a pimenta transforma-se em excelente recipiente para os mais diversos recheios como de carnes suína ou bovina, bacalhau desfiado, linguiças esmigalhadas, ricota, tomate com queijo etc., podendo assim ser cozida no vapor ou assada no forno. Com ela também se pode fazer, combinando-a com outras pimentas ardidas, uma geleia de pimenta para servir com torradas, queijos ou carnes assadas.

Também conhecida por Chapéu de Frade, Chapéu de Bispo, Fria's Hot, Bishop crown, Monk's Hat e Christimas Bell.

Planta vigorosa de caules múltiplos com altura de 135 cm. Flores únicas por nó, com a corola branca e manchas esverdeadas nos lóbulos das pétalas. Frutos considerados como pimenta doce, pois são quase desprovidos de picância, embora existam variedades ardidas. Tem formato de campânula ou de sino, medindo 5 cm de comprimento por 7 cm de diâmetro, na coloração verde (imaturo) e vermelha (maduro), pesando em torno de 40 a 50 g, com sementes cor palha que germinam entre 14 e 28 dias. A colheita inicia-se entre 100 e 110 dias após a semeadura. De pungência doce e muito aromáticos, são usados em saladas, cozidos e recheados.

Está mais para um pimentão do que para uma pimenta, e é usada como legume, como acompanhamento, recheada com carne e assada fica ótima. Apesar da mais comum ser a verde, hoje encontrada facilmente em feiras e sacolões, existe também a vermelha.

Benefícios         

Sua ingestão estimula a produção de endorfinas, que dão uma sensação de prazer. Para quem vive em lugares quentes, ela aumenta a perspiração, regulando a temperatura corporal. Outra dica: se planejar uma viagem de navio, inclua pimentas na bagagem, para o caso de sentir enjôos no mar. Na hora de escolher, prefira as de cultivo orgânico.

Tem o formato gracioso na forma de campânula ou sino e o sabor agradável que combina o aroma das pimentas ardidas com a doçura de um pimentão. Também conhecida como Chapéu de Bispo ou Frade. A coloração vai do verde (fruto imaturo) ao vermelho (fruto maduro e mais doce). Seu formato é propício e convidativo a prepará-la recheada; as possibilidades são muitas.

A preparação da receita a seguir leva quinoa no recheio e pode ser acompanhamento para carnes, aves ou até mesmo peixes, ou ainda ser o prato principal de uma refeição leve, acompanhada de uma salada de folhas verdes.

Tabela Nutricional
Quantidade por 100 gramas
Calorias (Kcal) 40
Carboidratos 9,5
Proteínas 2
Lipídeos 0,2
Cálcio 18
Fósforo 46
Ferro 1,2
Sódio 7
Potássio 340
Fibras 1,8
Vitamina C 160