Maça Verde Granny Smith

.

Nome científico: Pirus malus, L.

Essa variedade de maçã é originária da Austrália e foi nomeada em homenagem à Mary Ann Smith, quem primeiro cultivou essa variedade por acidente em sua fazenda em 1868. Mary Ann teve muitos netos e era uma pessoa muito conhecida na região, sendo lá conhecida por Granny Smith (Vovó Smith). Durante dois anos vendeu as maçãs uma vez por semana na feirinha conhecida como Sydneys George Street Market, até sua morte, em 1870.

Anos mais tarde a variedade Granny Smith foi oficialmente reconhecida e passou a ser comercializada mundialmente devido ä sua alta durabilidade. Em 1975, 40% da produção total de maçãs da Austrália correspondia à produção de maçãs verdes.

A maçã verde existe devido à uma rara mutação da fruta, e todas as Granny Smiths existentes hoje são necessariamente decendentesda árvore original dos Smith em Sydney!

A maçã granny smith com tamanho razoavelmente grande tem a casca acetinada verde clara (que se torna amarela em alguns climas), polpa firme e tenra que dá um toque especial à salada de frutas.

Cultivada em climas temperados do mundo todo, as muitas espécies de mação variam do verde ao vermelho, amarelo e avermelhado. O sabor vai de azedo a doce, e a textura, de crocante a macia. Muitas maçãs podem ser consumidas frescas ou cozidas.

Tem pouco açúcar e é bem ácida. Vai bem como complemento em pratos salgados, saladas e assados.

Maduros, casca esverdeada e consistência firme; Casca brilhante e de cor característica da espécie;

O consumo da maçã é recomendado para pessoas com problemas intestinais, obesidade, reumatismo, diabetes e gota.

As maçãs são uma ótima fonte de fibras e vitamina C, auxiliam no equilíbrio dos níveis de açúcar no sangue, estimulam a digestão e reduzem inflamações. Variedades de casca vermelha contêm antioxidantes antocianinas. Sempre que possível, adquira maçãs orgânicas.

Outros benefícios

Fruta deliciosa, tônica, nutritiva e saborosa, antibacteriana, antioxidante, anti-inflamatória, antiviral, anticancerígena e desintoxicante, a maçã contém um éter que é como um tônico sedativo do sistema nervoso central (SNC) e das fibras musculares, tratando-se de um calmante saudável para todas as idades. Os antioxidantes que ela contém eliminam

Evita a hemorragia nos casos de hemofilia ou de pessoas propensas a sangramento fácil. É ótima no tratamento da tuberculose e demais doenças respiratórias e acalma as dores em geral. Alivia as cólicas menstruais, combate a gota, a artrite reumatoide, herpes e disenteria, dispepsia aguda ou crônica, colite, hidropisia e cura a interite e a diarréia infantil.

Previne os cálculos da vesícula biliar, a intoxicação por ácido úrico e combate a litíase renal. A maçã é a principal fruta curativa do aparelho digestivo, como nas inflamações do estômago e dos intestinos; ela normaliza as mucosas gastrointestinais, protegendo o estômago do ácido clorídrico (HCL), que produz acidez gástrica. Ingerindo uma maçã antes de dormir, favorece um sono tranquilo e acalma as dores em geral.

Esta fruta contém importante elemento energético, como a frutose, que é absorvida diretamente na corrente sanguínea, atua na circulação e acelera o processo de coagulação, tornando-se um poderoso anticoagulante para o hemofílico.

A peticina encontra-se em grande quantidade na casca, é uma fruta completa, pois pode ser dada desde os primeiros meses de vida do bebê até o mais idoso indivíduo, com ótima aceitação, por conter alta taxa de ácido fosfórico numa forma digerível muito fácil; é um alimento necessário para o cérebro da criança e do adolescente, pois dá equilíbrio ao SNC em todas as idades e previne o esgotamento e o cansaço físico e mental do estudante e do executivo.

Esta fruta age desintoxicando as fermentações do aparelho digestivo e sua parte gelatinosa protege a mucosa do estômago, aliviando as dores da gastrite e cicatrizando as úlceras gástricas através de suas fibras solúveis, como a pectina e o tanino; retém grande volume de água que atua na obesidade e nas inflamações gástricas. Ao reter água ela atua como uma esponja, absorvendo a água e os produtos tóxicos intestinais, evitando desta forma uma rápida absorção tóxica através do intestino.

O ácido málico que contém neutraliza a ação dos germes patogênicos, eliminando os detritos que provêm do metabolismo celular, evitando desta forma uma rápida absorção tóxica através do intestino. Dissolve os cálculos reais e é ótimo no tratamento da tuberculose. O vinagre de maçã ajuda na redução do colesterol, melhora a circulação sanguínea, facilita a digestão, ativa o metabolismo e auxilia no tratamento da obesidade.

Ao comprar a maçã, escolha as que estão brilhantes, pesadas com a polpa firme e sem partes moles ou furos. Nessas condições ela se mantém na geladeira por até 30 dias.

Curiosidades: a maçã verde contém pectina, aminoácidos, ácidos, açúcares, fibras, cálcio, ferro, fósforo e potássio.