Maça Gala

.

Malus Communis, Cor: casca vermelha e polpa esbranquiçada, Formato: globoso, Tamanho médio aproximado: até 13 cm de diâmetro, Textura: firme, Sabor: doce e suave, Sazonalidade: de fevereiro a maio e em outubro, Consumo: in natura, crua, cozida ou assada, 

História: a maçã era parte importante da dieta das populações nativas de países frios. É um alimento que se destaca há milênios na Ásia e na Europa e desde 1800 nos EUA.

Essa variedade foi descoberta no Canadá e é considerada uma das melhores opções para comer direto do pé.

As maçãs Gala são pequenas e têm uma casca bem fina. Sua base é vermelha e possui algumas misturas de verde e amarelo. No quesito sabor, elas possuem um leve toque de baunilha.

Embora a Gala seja muito boa para comer sozinhas, ela também é excelente para usar em saladas e molhos.

Macia e bem doce, é uma das mais ricas em antioxidantes. É um dos tipos mais consumidos no Brasil. Maduros, suculentas e consistência firme; Casca vermelha com estrias e polpa amarelo-creme;

A maçã Gala é uma das mais ricas em antioxidantes. Depois da maçã Fuji, Gala é a variedade mais vendida no Brasil. Bem adaptada a vários climas brasileiros,  produz com facilidade.

A maçã Gala produz frutos macios e doces, que, como todas as maçãs, possuem boas propriedades nutricionais:

O açúcar presente na maçã é a frutose, que demora mais para ser absorvida pelo organismo. Por isso os diabéticos podem consumi-la sem nenhum problema.

Já os compostos antioxidantes que protegem as células do corpo e previnem crises de asma estão presentes na casca. É lá que também estão as fibras, responsáveis pela sensação de saciedade e a melhora do funcionamento do intestino, por isso o ideal é comê-las com casca.

A pectina, fibra solúvel que existe na maçã, é capaz de diminuir o colesterol ruim e ainda combater a gastrite e até câncer. Como a fruta tem muita fibra, ingeri-la em excesso pode acabar diminuindo a absorção de nutrientes.

O consumo freqüente dessa fruta previne a úlcera, ajuda a controlar os níveis de colesterol e glicose no sangue.

Ao comprar a maçã, escolha as que estão brilhantes, pesadas com a polpa firme e sem partes moles ou furos. Nessas condições ela se mantém na geladeira por até 30 dias.

O consumo da maçã é recomendado para pessoas com problemas intestinais, obesidade, reumatismo, diabetes e gota.

Muito resistente a doenças e de boa versatilidade com relação às suas necessidades, é uma boa opção para cultivo próximo à áreas residenciais e até para compor jardins, porque além de produzir frutos é uma árvore muito bonita.

Não se preocupe quando, durante o inverno, a planta perder as folhas, pois brotará novamente na primavera.

A  maçã  possui nutrientes essenciais como vitaminas A, B, C e E, carboidrato  e potássio (importante para o coração).

A maçã é rica em vitamina A, C, E e ácido fólico (B9), é ainda rica em pectina e quercitina.

Curiosidades: a maçã gala contém potássio, fósforo, cálcio, fibra.