Canela

.

Pau-de-canela, canela em pó e flores secas de Cinnamomum verum.

A canela é o nome genérico de uma especiaria obtida a partir da casca interna de árvores do gênero Cinnamomum, da família Lauraceae. É consumida desde 2000 a.C., no antigo Egito, onde era usada como condimento para bebida, na medicina popular e como agente de embalsamamento.

Era tão valorizada que as pessoas a consideravam mais preciosa que o ouro. A canela é mencionada na Bíblia e em um dos primeiros livros sobre medicina e botânica na China, datado por volta de 2700 aC.

Canela é uma especiaria, obtida a partir da casca interna de várias espécies de árvores do género Cinnamomum (família Lauraceae), usado tanto em alimentos doces como em salgados.

O termo "canela" também se refere à cor acastanhada da especiaria depois de moída. A canela obtida a partir da espécie Cinnamomum verum é frequentemente considerado como "canela verdadeira", mas a maioria canela que circula no comércio internacional é derivado de espécies relacionadas, em especial de Cinnamomum cassia, a "cássia".

Por serem utilizada na produção da especiaria homónima, canela é o nome comum de mais de uma dezena de espécies do género Cinnamomum e das especiarias produzidas a partir do seu ritidoma. Apenas algumas espécies de Cinnamomum são cultivadas comercialmente para produção de especiarias.

Um estudo efetuado pela Associação Americana do Coração mostrou que a canela pode diminuir o risco de danos cardiovasculares causados por uma dieta rica em gordura, ativando moléculas antioxidantes e anti-inflamatórias do corpo.

No estudo investigadores alimentaram ratos, durante 12 semanas, com uma dieta rica em gordura acompanhada de suplementos de canela.

No final das 12 semanas, verificaram que os ratos pesavam menos, tinham menos gordura abdominal e níveis mais saudáveis de açúcar, insulina e gordura no sangue, em comparação com outro grupo de ratos que não receberam a canela com os alimentos ricos em gordura.

Os ratos alimentados com canela apresentaram também menos moléculas envolvidas no processo de armazenamento de gordura no corpo e mais moléculas antioxidantes e anti-inflamatórias que protegem o organismo dos danos do estresse.

A canela apresenta como principais nutrientes o cálcio, o manganês e as fibras. É uma ótima fonte de cálcio o que é benéfico para os ossos e para os músculos, que necessitam do mineral para se contraírem. Uma colher de sopa de canela fornece cerca de 78 mg de cálcio.