Alface Baby Leaf

Folhas de Alface Precoces

Os tipos mais comuns de alface são: crespa, roxa, lisa e americana.

Funções: Favorece o funcionamento normal do intestino. Auxilia a boa visão. Combate o estresse e a insônia. Atua na formação de ossos e dentes.

O conceito baby leaf integra hortaliças como alface, agrião, beterraba e rúcula, entre outras espécies, com folhas ainda não expandidas completamente e colhidas precocemente em relação ao tempo em que tradicionalmente se costuma colher para consumo.

As folhas baby, ou baby leaf, são macias, saborosas e podem apresentar diferentes cores e formatos, dependendo da espécie utilizada e devido a esses motivos já conquistaram os consumidores em países da Europa, nos Estados Unidos e no Japão.

No Brasil, esse nicho de mercado tem despertado interesse de produtores, consumidores e chefes de restaurantes, que buscam sempre novidades.

A introdução da baby leaf no mercado brasileiro desperta a curiosidade dos consumidores e também pode auxiliar a estimular o consumo de hortaliças por parte da população, inclusive das crianças, que têm simpatia por produtos de tamanho reduzido e cores diversificadas. Segundo os últimos números oficiais, o consumo de hortaliças no Brasil ainda é pequeno, média de 73,9g por habitante por dia, se comparado aos países da Europa e América do Norte que possuem um consumo médio de 411,2g por habitante/dia.

No mercado brasileiro, a baby leaf pode ser encontrada em comercialização na forma individualizada, com apenas uma espécie ou em uma mescla de diversas espécies com folhas de diferentes formatos, cores, texturas e sabores. A mescla de folhas possibilita ao produto melhor valor nutricional, além de agradável aspecto visual.

Outra vantagem da baby leaf é sua praticidade. Existe versão do produto onde as folhas são comercializadas higienizadas e embaladas, ou seja, prontas para o consumo. Nesse caso, basta abrir a embalagem e iniciar o preparo da salada in natura ou cobrir a pizza com alface ou rúcula sem ter o trabalho de cortar as folhas. Além das folhas soltas de baby leaf, também estão sendo comercializadas plantas inteiras ainda jovens, produzidas em sistema hidropônico, embaladas com o sistema radicular. Nesse caso, cabe ao consumidor a tarefa de separar as folhas baby do restante da planta e higienizá-las para o consumo.

Com relação aos canais de comercialização, o produto já é encontrado em supermercados, principalmente, os de maior porte. Porém, restaurantes, hotéis e buffets, que buscam oferecer produtos e pratos cada vez mais criativos em seus cardápios, com aspecto visual mais atrativo aos olhos e ao paladar, já oferecem a baby leaf aos seus clientes.

Com relação ao tamanho das folhas baby, não existe classificação oficial para a comercialização. O comprimento das folhas depende da espécie e da forma de utilização. Sugere-se tamanho para as folhas variando entre 5cm a 15cm de comprimento para serem consideradas baby leaf.

Para utilização como componente de pratos e canapés, o tamanho das folhas baby de 5cm pode ser uma opção. Em restaurantes do tipo self service e buffets, onde existe a necessidade de que as folhas para consumo in natura caibam dentro dos recipientes em que são servidas, folhas de 10cm a 15cm seriam mais interessantes que folhas grandes, picadas, que acabam ficando com aspecto visual menos agradável.

A alface contribui com vitamina A, ácido fólico (vitamina B9) e minerais como o potássio, cálcio e ferro.

Componentes Nutritivos: Possui boa quantidade de vitaminas A, C e do complexo B, além de cálcio, ferro, fósforo e fibras.